top of page

Por que fazer Pilates individual na gestação?



Benefícios do Pilates na gestação

Na gestação o corpo da mulher passa por diversas adaptações, desde mudanças fisiológicas, hormonais e emocionais, que se estendem não só a cada trimestre gestacional, m0j as também na fase de puerpério.

É importante reconhecer que algumas adaptações podem gerar desconfortos e causar algumas disfunções. Estudos científicos mostram que aproximadamente 30% das gestantes apresentam sintomas álgicos, limitando a sua capacidade funcional, produtividade e qualidade de vida.

O Pilates quando acompanhando por fisioterapeutas especialistas aborda todos esses aspectos, prevenindo disfunções, dores e desconfortos trazendo diversos benefícios para a saúde da mãe e do bebê.

Importante dizer que o tratamento aborda não só os aspectos da musculatura de assoalho pélvico, mas também todas as adaptações que ocorrem no corpo da mulher durante a gestação, como aumento de peso, sobrecarga da musculatura da coluna, frouxidão ligamentar, alterações de equilíbrio pela mudança do centro de gravidade e alterações no padrão respiratório.

Conhecer melhor essas mudanças que ocorrem e entender que há maneiras de ter um manejo da saúde e bem-estar em cada trimestre, é essencial para passar por esse período de uma forma mais leve e saudável, por isso, é de suma importância que a gestante tenha orientação e acompanhamento especializado durante todo período gestacional.


Como são os exercícios na gestação?

- Fortalecimento de membros superiores e inferiores - exercem um papel importante no pós parto, quando falamos em amamentação e dar o colo para o bebê nos primeiros meses de vida

- Fortalecimento da musculatura de coluna, abdomên e assoalho pélvico - para controle e estabilidade, evitando diástases patológicas, além de controle da dor lombar, púbis e dor sacroilíaca.

- Exercícios perineais - são orientados no primeiro trimestre prevenindo disfunções do assoalho pélvico como incontinência urinária e preparando o períneo para o trabalho de parto

- Exercícios de mobilidade, alongamento, principalmente focados na abertura da pelve – ajudam no encaixe do bebê e conforto da pelve para alívio da sobrecarga

- Exercícios de equilíbrio – adaptações a mudança do centro de gravidade

- Exercícios de resistência - essenciais para ganho de força, resistência e melhoram a circulação, diminuindo os desconfortos relacionados ao inchaço na gestação

- Exercícios de controle respiratório – melhora da aptidão respiratória e relaxamento


*Estes exercício e objetivos são apenas alguns exemplos do que são abordados durante os nossos atendimentos, mas cada gestante possui as suas necessidades, indicações e contraindicações, por isso todos os nossos atendimentos são realizados de forma individualizada.


É importante destacar que cada abordagem é única, uma vez que cada gestante tem a sua história, a sua própria rotina, dentro das suas necessidades e expectativas.


Além disso, estar com profissionais da área de obstetrícia que possuem toda experiência e conhecimento técnico para abordagem destes aspectos, faz toda a diferença para que o atendimento seja uma experiência única com todo cuidado que a gestante e o bebê merecem neste período.


Equipe de Fisioterapeuta Especialistas em Saúde da Mulher @fisiomulher.laposture






58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page