Será que Pilates é só alongamento?



Pilates é alongamento.

Um dos piores mitos de quem vai experimentar o pilates pela primeira vez é ir com essa crença.


Muita gente se surpreende ao perceber, na prática, que pilates pode ser muito mais desafiador do que imaginava.


No pilates, há sim exercícios que alongam e de forma geral, todos são trabalhados em grandes amplitudes de movimento, promovendo flexibilidade e menor compressão nas articulações, mas há sempre o fortalecimento associado!


Muita confusão pode ocorrer, porque ao contrário da musculação, que geralmente contempla a hipertrofia radial e o aumento de volume de grupos musculares superficiais individualmente, no pilates, os exercícios usam o peso do corpo e as molas, estimulando a produção de fatores de crescimento que atuam como se fossem anabolizantes fisiológicos. O fortalecimento é associado ao recrutamento neuromuscular máximo, ou seja, um maior número de fibras musculares são ativadas durante a execução dos movimentos (mais força)


O corpo tende a ficar harmônico, já que os grupos musculares são trabalhados concomitantemente tanto por meio do alongamento quanto de contrações submáximas.


Leia mais sobre os benefícios do #pilates


Clinica La Posture