Se você é idoso, saiba o porquê investir em melhorar a propriocepção e o impacto em reduzir quedas



O envelhecimento e crescimento da população 60+ é uma tendência mundial. A mentalidade da população hoje se foca em espaços, serviços e facilidades para promover um estilo de vida ativo especialmente para essa população específica.

Já produzimos diferentes matérias abordando mudanças que ocorrem no corpo durante o processo de envelhecimento e como você pode manejá-las e prevení-las - clique no link das nossas matérias já publicadas no NOSSO BLOG.

Investir em propriocepção para combater a queda: Primeiro, vale entender o que é a propriocepção: capacidade de sentir o movimento e a posição de uma articulação no espaço. Essa capacidade de nos percebermos no espaço e a “consciência” para responder e sentir os estímulos externos.

Faça um teste prático: Te convido a fechar os olhos e testar seus sentidos e a propriocepção

Vamos tentar usar apenas o estímulo proprioceptivo e um pouco menos o seu estímulo visual - um desafio! pois você irá perceber o quão dependente pode ser do visual para se manter estável. Faça apoiado para não correr o risco de queda ou faça sob supervisão de uma pessoa que possa te amparar em caso de tontura.


FASE 1 - Olhos abertos - Em pé com apoio na parede, se necessário , mantenha os pés unidos e observe como você está posicionado.

Você está oscilando, estável, os pés firmes...? Preste atenção no posicionamento dos seus membros e do tronco. Conte alguns segundos.

Como se saiu em relação ao seu equilíbrio?


FASE 2 - Olhos fechados - Reforço, cuidado e supervisão, especialmente, se você tem histórico de quedas e alterações vestibulares. Agora, na mesma posição, feche levemente seus olhos, e observe seu equilíbrio. Conte alguns segundos.

Observe o posicionamento anterior e sua estabilidade se mantém? Você está em tensão, joelhos ou tornozelos oscilando?

Foi mais fácil se manter firme com olhos abertos ou fechados?

99,9% das pessoas dirão que é mais fácil se manter estável de olhos abertos. Agora, pense na importância da propriocepção nas quedas de forma geral ocorrem em casa, banheiro, levantando-se no escuro sem o estímulo visual adequado, ou escorregões no meio da noite, etc.

Revisões sistemáticas revelam que programas de atividade física são capazes de aumentar o equilíbrio em idosos e prevenir quedas. Estudos mostram que a inserção de atividades físicas promovem melhorias de até 42% no equilíbrio em comparação às avaliações iniciais em pessoas 60+ sem qualquer tipo de atividade.

De acordo, com a fisioterapeuta sócia da Clínica La Posture, doutorada pela Unifesp e pós-graduada em Geriatria e Gerontologia pela USP, Renata Luri: ''Na prática clínica, há exercícios que podem ser feitos como estratégia para se melhorar o equilíbrio. Os exercícios abrangem lapidar o nível de atenção em idosos, de forma progressiva atividades e movimentos habituais da rotina da pessoa, como realizar exercícios de equilíbrio em superfícies instáveis, associando com dupla-tarefa como andar lembrando de nomes de produtos do mercados, subir escadas conversando, entre outras, que se relacionam à qualidade de vida de forma bem funcional. ''

É fundamental promover a atividade física no idoso tanto para prevenção quanto para o tratamento. Testes práticos que progridem e evoluem podem ser implementados para aprimorar a capacidade proprioceptiva. No idoso, há a prioridade em se trabalhar esse tipo de exercício, focando na prevenção de quedas e evitando complicações decorrentes.


Conheça as atividades físicas da Clínica La Posture

Conheça a Fisioterapia Preventiva da Clínica La Posture