Entenda o porquê da barriga “tanquinho” ir além de exercícios abdominais



99,9% das pessoas, entre homens e mulheres, têm o sonho de perder a indesejada “barriga de chopp” ou “pancinha”. E para quem busca esse corpo, muitas vezes a gordura dessa região parece ser a mais difícil de eliminar, não é mesmo?


Muitas pessoas ainda acham que existem fórmulas rápidas de se perder a gordura localizada e a existência de exercícios específicos que levam à queima específica de gordura abdominal, mas para tristeza de muitos, diversas pesquisas científicas já comprovaram que não há um exercício com a capacidade de queimar a gordura localizada.


Entenda o porquê...


Ao realizar exercícios abdominais há a contração da musculatura do abdômen e um consequente gasto de calorias. Porém esse consumo, não ocorre de forma localizada e sim de forma global, quando emagrecemos nós perderemos gordura de uma forma geral.


Para ser mais didático, em um exemplo bem prático: quando emagrecemos, o formato do nosso rosto é um parâmetro bem visível para essa mudança...mesmo sem que você tenha feito exercícios focados na queima de gordura do rosto.


Dados científicos..

Um estudo avaliou mulheres obesas durante 3 meses, sendo que um grupo fez dieta associada a exercícios de abdominal e o outro fez somente dieta. Ao final dos 3 meses, todas tiveram redução de gordura corporal e redução da circunferência na região abdominal, sem diferença nos resultados entre grupos.


Então, você deve estar pensando: "ufaa...não preciso ficar me matando em fazer abdominais..."

Mas calma, não é que você não precisa fazer abdominais, esses exercícios possuem o papel fundamental e essencial, não para perda de gordura localizada, mas para manutenção da força e resistência para manter a saúde da sua coluna e controle do tronco


Pensando além da questão estética cabe salientar que a gordura localizada nessa região, em especial, a visceral (gordura profunda ao redor dos órgãos internos) é altamente inflamatória, se relacionando à doenças crônicas e mortalidade.


Trace metas reais e sempre com a orientação do seu professor de educação física e nutricionista, entre outros profissionais de saúde garantindo sempre seu bem-estar.


Rodrigo Kenzo Kawabata, personal sócio da Clínica La Posture

Renata Luri, doutorada pela Griffith University