Trabalho preventivo para garantir a saúde dos ombros em atletas e não atletas

Atualizado: Mar 17


La Posture: Dr. Raone, dados mostram que até 30% da população mundial sofre com dores em ombros. Quais as causas mais comuns para essas queixas encontradas na prática clínica? 

Raone Daltro: A causa mais comum de dor no ombro, está relacionada à sídrome da dor subacromial (conjunto de sinais e sintomas que acontece na região do ombro), alcançando entre 45-60% de todos os sintomas relacionados ao ombro. 

La Posture: É preciso focar em um trabalho preventivo específico no caso de atletas e não atletas? Há algum fator de risco para desenvolver essas dores? 

Raone Daltro: Muitos fatores são pontuados na literatura e associados a essa condição, incluindo alterações  nos movimentos da articulação do ombro, processos degenerativos ou inflamatórios nos tendões e bursas por processos de sobrecarga em esportes específicos, bem como fraqueza de grupos musculares específicos e rigidez capsular, para tanto é necessário uma trabalho muito específico e individualizado, buscando estratégias para minimizar as possibilidades de lesões, já que existem ainda os fatores de atividades externas que acabam sendo potencializadores.

La Posture: Como profissional de saúde, qual seria a dica ou informação simples que você passaria para uma pessoa prevenir esse sintoma? 

Raone Daltro: A ideia é ter sempre um profissional capacitado e de sua confiança para acompanhar o processo, mas sem sombras de dúvidas, manter-se ativo com um acompanhamento específico é de fundamental importância para diminuir as chances de desenvolver esta condição patológica.


Fisioterapeuta Raone Daltro Clínica La Posture

Especialista em Trauma-Ortopedia pela Santa Casa de São Paulo