Inspiração gestante

Atualizado: Jul 26


Relato de gestação

Rê, parabéns pela bebê! Você, como fisioterapeuta, já havia se preparado para esse momento? Acredita que conviver com gestantes pode ter ajudado na forma que vivencia hoje sua gestação?

Renata Luri - Obrigada! Eu imaginava que fosse conseguir me preparar fisicamente e psicologicamente antes de engravidar. Sabia dos benefícios do preparo corpo-mente antes de engravidar mas a gestação foi um presente surpresa!

Apesar de fisioterapeuta, não sou da área de Obstetrícia mas na La Posture, convivi com uma centena de gestantes super ativas fazendo pilates, fisioterapia pélvica e acreditva que seria assim comigo: estar trabalhando e ativa até o dia do parto...

Mas o maior aprendizado que tive até agora é que a gestação é um experiência diferente para cada mulher, e definitivamente não há como prever como será. Acho importante falar sobre isso porque no início, me frustrou estar de cama, desenvolver hiperêmese gravídica (vômitos excessivos) e o repouso forçado. A mulher realmente se entrega ao processo e tudo fica mais fácil quando isso acontece. É claro que ter uma rede de apoio e profissionais é essencial mas a experiência ainda assim é muito individual... seja generosa consigo.

Quais atividades e cuidados nesse momento?

Renata Luri -Pré-natal, consulta com nutricionista e fisioterapia pélvica. Mas meu sonho mesmo sempre foi fazer o pilates para gestante! Achava lindo ver as mulheres com barrigão plenas cuidando dos bebês e de si! E hoje ser a paciente sendo cuidada por uma fisioterapeuta especializada, acho chique (rs) e me sinto muito segura!


Todos acham que faço pilates para gestantes e fisioterapia pélvica para me preparar para o parto mas meu objetivo é me manter bem física e mentalmente na gestação - principalmente agora nessa fase de pandemia- e acredito que isso seja mais importante que qualquer tipo de preparo para o parto em si. Temos feito exercícios mais focados no meu centramento, respiração e por conta das intercorrências, a fisioterapeuta e eu trabalhamos juntas para escutar as demandas do meu corpo.

O que você diria para mulheres que ficaram gestantes na pandemia e que estão com dificuldades parecidas com as que teve?

Renata Luri -Acredite e confie no processo! Não se compare, não crie expectativas sobre sua gestação e curta da sua forma. Seu corpo e sua mente irão mudar diariamente, encare com olhos curiosos para vivenciar cada uma dessas mudanças. Nem todos os dias serão bons ou fáceis, mas encontre no desconforto o que te faça sentir mais confortável e se respeite! Minha fisioterapeuta fez uma analogia com a onda do mar, e ainda me sinto assim...a gestação é um mar, ora com ondas e ora sem ondas. Você pode se entregar a essas ondas e realmente curtir e vivenciar estar ali presente.