Esgotamento físico e emocional? Entenda o que acontece no nosso corpo em estados de estresse



Raramente encontramos alguém que não ficou no limite do estresse e ansiedade nestes últimos anos de pandemia. Em uma rotina ainda mais puxada e vivendo sob constante ansiedade com as notícias, nosso corpo respondeu mantendo um estado de alerta e estresse geral.

Entenda o que acontece no nosso corpo em estados de estresse...

No estresse, sinais são enviados ao córtex cerebral para o sistema nervoso autônomo, resultando em um aumento da frequência cardíaca e pressão arterial, diminuição do fluxo sanguíneo periférico e uma constante tensão da musculatura que leva à rigidez. Não à toa, houve um aumento significativo de casos de AVC e infarto nos últimos anos.

A mente afeta o corpo bem como o corpo afeta nosso estado mental.

O fato é que, o estresse emocional, mental ou físico mostram-se como aliados, aumentando ainda mais os fatores de inflamação geral do nosso corpo.

Segundo a fisioterapeuta Dra. Juliana Satake, é bastante comum ver as pessoas somatizar sensações e sentimentos, e isso se reflete no corpo de um ponto de vista físico e estrutural, se tornando até um padrão de postura rígido e fechado.


Por exemplo, a pessoa nem percebe o quanto uma situação do dia a dia pode levar a um grau de emoção negativa que leva o corpo a tensionar os ombros, e essa tensão se reverbera em sinais e sintomas como dores de cabeça e dores na coluna, e até mudanças de humor.


Caso sinta dores crônicas, ou seu humor esteja impedindo que você tenha qualidade de vida. Não hesite em procurar um profissional de saúde para maior respaldo. Na maior parte dos casos o tratamento deve ser interdisciplinar, com o acompanhamento de médicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos.

Juliana Satake - Fisioterapeuta Especializada pela Universidade Federal de São Paulo

Renata Luri -Fisioterapeuta Doutora pela Universidade Federal de São Paulo